O Inferno da ItGirl.

Se você é de SP e não conferiu a peça “HELL” dirigida por Hector Bebenco que ficou em cartaz até ontem na Av Paulista, calma, vc ainda pode conhecer um pouco da história alugando o filme!! Éééé, é isso mesmo, uma amiga minha me contou que existia o filme e disse que é bem parecida com a peça, então dá pra vc ficar por dentro! hahaha

Hell, é uma peça adaptada do livro “Hell Paris 75016” de Lolita Pille, patricinha de Paris que aos 21 anos tornou-o em um best seller! Pós-desilusão amorosa, Lolita resolveu relatar o modo de vida de sua turma, formada por jovens indinheirados, ricos e cheeeeeios de arrogância! É uma espécie de Patrinhas de Beverly Hills só que em Paris e com muuuito sexo e drogas! haha

A peça é incrível e se trata de uma menina de alta sociedade (Bárbada Paz), linda, mas vazia, que vive histórias de amor doentias com um rapaz muuuuito lindo, mas também vazio. Juntos, eles frequentam os it clubs, it restaurantes e consome it marcas e it driiinks! Bebem demais, compram demais e acreditam ser inabaláveis! Além da trágica história de amor, o texto é fascinante por ser tratar de pessoas excessivas que só olham para fora e não se enxargam!  E ainda Bárbara Paz diz em alta voz nomes das grifes Balmain, Yves Saint Laurent, Celine, Lanvin, Chanel, Miu Miu em cima de saltos Louboutin, numa crítica direta aos que tem o cartão de crédito no lugar do cérebro! hahaha É beeem legal, séério!

Então se você tiver de bobeira e quiser conferir esse clássico será maaais que bem-vindo a conhecer Hell, a história que aborda os mais tristes e decadentes dos luxos, o do ter, o da material girl e material boy!

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em itskika's files!

4 Respostas para “O Inferno da ItGirl.

  1. luzia

    essa peça é uma merda vao se fude

  2. Gio

    Nossa que crítica grosseira! Infelizmente não assisti, então não posso dar minha opnião. Mas garanto que mesmo se não gostasse nenhum pouco da peça saberia dizer isso de forma menos ofensiva…

  3. Algumas pessoas não entendem. Fazer o quê… O livro é um paradóxo, um pouco complicado de entender e a peça também mas ambos passam a mesma mensagem: O mundo que todos sonhos é o mais vazio e o que se exige mais de quem faz parte dele. Cabe as pessoas, saberem ver entrelinhas (o que muitos não conseguem…)

  4. Algumas pessoas não entendem. Fazer o quê… O livro é um paradóxo, um pouco complicado de entender e a peça também, mas ambos passam a mesma mensagem: O mundo que todos sonhamos é o mais vazio e o que se exige mais de quem faz parte dele. Cabe às pessoas, saberem ler entrelinhas (o que muitos não conseguem…)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s