Arquivo da tag: cada tipo

Não faça feio na hora de servir suas bebidas..

Para saber qual copo ou taça é usado para servir para cada tipo de  bebida, basta seguir todas as dicas abaixo que as suas festividades serão o maior sucesso!


De cristal ou vidro? Com boca larga ou estreita? São tantas as opções e modelos de taças e copos que qualquer um pode se confundir na hora de usá-los, não é verdade?

Vamos lá!

1- Copo de Cerveja e Chopp:

Conhecido como tulipa, seu formato favorece a formação de espuma e ajuda a manter a temperatura.

2- Coffee Mug:

Também chamado de Toddy ou Caneca para Hot Drinks, é usada especificamente para coquetéis quentes, como o irish coffee de 450 ml.

3-  Taça para Espumante e Champanhe:

A taça flûte fina é elegante e mantém as borbulhas da bebida por mais tempo.
4- Taça para  Martinis e Coquetéis Gelados:

A tradicional taça de coquetel é imprescindível em qualquer bar.  A sua sofisticação e elegância ímpar contrasta com uma silueta de linhas retas e sóbrias. Traduz todo o glamour dos anos de reinado dos coquetéis clássicos. Nesta taça não se deve usar gelo ou canudo. Para decorar, apenas espete na borda uma rodela de limão ou laranja.  De 90 a 180 ml.
5- Flutê

Esta taça fina e elegante, que tem o formato parecido com uma flauta, substituiu a antiga taça de champagne (semelhante à uma taça martini um pouco mais arredondada) justamente por reter por mais tempo o perlage que se desprende do champagne ou espumante. Serve de 180 à 280 ml.
6- Shot

É o típico copo do cowboy americano e é também chamado de yankee shot. Serve bebidas sem gelo e geralmente puras, mas também pode-se preparar coquetéis em camadas neste pequeno copo que tem de 35 à 60 ml. O seu similar brasileiro é o copo de pinga ou doses de vodca, muito popular em cachaçarias e botecos. A sua base grossa evita que o calor das mãos esquente a bebida (que costuma ser servida gelada, e em pequenas doses).
7- Taça de Vinho Branco:

A taça é menor do que a do vinho tinto porque a bebida deve ser servida aos poucos, para não esquentar (o vinho branco deve ser consumido gelado). O bojo é menor para conservar o aroma, mais delicado do que o do vinho tinto. Esta taça também é usada para servir vinho rosé.
8- Sommelier

Diferentemente do copo Hurricane, este não é tão bojudo e tem a haste mais alta. Pode ser substituído pelo Baloon (menos usado atualmente) para a degustação de conhaques (cognacs).
9- Taça de Vinho Tinto:

O vinho tinto é geralmente serviço em taças maiores e mais bojudas para realçar o sabor e aroma da bebida. É mais larga do que a do vinho branco porque os tintos não precisam estar gelados.  O mais correto é segurar a taça pelo pé. Mas, no caso do vinho tinto, não se considera um erro segurar na própria taça.
10- Margarita:

Com haste fina e boca larga, é indicada para servir o coquetel típico mexicano. Na hora de servir este drinque, costuma-se molhar a borda da taça com suco de limão e depois encostá-la em um prato com sal.
11- Hurricane:

Copo feito sob medida para servir coquetel de frutas tropicais e refrescantes.  É ideal para bebidas cremosas, à base de creme de leite e leite condensado. Combina com as mais extravagantes decorações e pedo ser substituído pelo Baloon (menos usado atualmente).
12- On-the-Rocks:

O copo é largo para acomodar os cubos de gelo, que geralmente acompanham a bebida. Muito usado para servir uísque e também é chamado de double old-fashioned. O modelo clássico para servir essas bebidas é o copo mais baixo. Apesar do teor alcoólico elevado, são drinks servidos com gelo. Assim o copo não precisa ser alto, mas deve ser suficientemente largo para acomodar as pedras e ter fundo grosso para impedir que a bebida esquente.

13- Copo Long Drink.

Copo para bebidas destiladas e coquetéis refrescantes.. o tradicional copo long drink é indicado para servir água, refrigerante, suco ou bebidas com bastante gelo, como club soda.

E agora, estão preparados?

1 comentário

Arquivado em itskika's files!

O guia do rímel perfeito:

dica de hoje é pra você que fica em dúvida na hora de escolher sua máscara para cílios! Afinal né, levanta a mão aí quem tem mais de um rímel na gavetinha de maquiagens.. tá todo mundo de braço pra cima neh? Ate o marquinho e o rafa deram uma hesitada de levantar a mao! Hahahaha

Mais é engraçado, esse tipo de produto desperta uma vontade louca de experimentar.. corretivo eu tenho um só, mas rímel eu tenho uns 6, sério! Hahahaha

A grande variedade que a gente encontra no mercado acaba nos desviando da missão de encontrar o rímel cara-metade, aquele que vai levantar nossa make! Todo dia aparecem milhares de novos produtos prometendo novos milagres para valorizar os cílios, mas e na hora de comprar como fazer?

Peralá, cada aplicador resulta em um efeito diferente nos cílios então fique ligada e preste atenção em qual categoria seus cílios se encaixam e descubra qual tipo de olhar você quer!

Se liguem nas dicas:

Pra começar, opte por um aplicador com cerdas finas, bem curtas e espaçadas se você tiver os cílios bem curtiinhos como os meus, ele ajuda alongando os fios e deixando-os mais destacados. (4),(6).

Os de cerdas longas, cheias e bem juntinhas proporcionam volume e definição aos cílios proporcionando um olhar mais dramático. (1),(2)

Tem também aqueles aplicadores que são em forma de pentinhos, mas o aplicador normalmente deposita pouco produto nos cílios, mas os deixam mais naturais e alongados. (3)

Se você quer um efeito de cílios de boneca, invista nos aplicadores de rímel em forma espiral: você ganha fios bem definidos e separados!

Os aplicadores que possuem um formato curvado já entregam né, eles prometem levantar os fios e deixa-los curvadéérrimos. Se vc se jogar na dupla curvex + esse tipo rímel o efeito é muuuito certeiiiro! Hahaha (5)

E vocês já devem ter se deparado com uns aplicadores meio estranhinhos em forma de um ouriço..  normalmente eles são umas bolinhas pontudas engraçadinhas e que ajudam a destacar os seus fios! A dica é usar ele na vertical e principalmente para colorir os cantinhos dos cílios, tanto os inferiores quanto os externos que normalmente a gente acaba borrando!

E agora eu aposto que vc deve ta querendo comprar todos os tipos de aplicadores possíveis pq vc quer pq quer todos os efeitos: alongamento, definição, volume, prova d’água e por aí vai, mas oh o legal mesmo é sempre optar por uma dupla de produtos como por exemplo volume + alongamento, ou então usar um primer pra cílios que é aquele rimel mais incorpado branquinho que ajuda a curvar e dar volume preparando os fios para receber suas máscaras. (7),(8).

Mas abaixo vou te passar algunas técnicas que são infalíveis e essenciais na hora de aplicar seu rímel:

  • Tip # 1: Pra mim o principal na hora de aplicar o rímel é estar com os cílios totalmente limpos. Não tem produto que fique bacana quando aplicado por cima outros, então se você usa daqueles rímels à prova d`agua, certifique muito bem de o ter removido por completo. Se você estiver com dificuldade de tirar esse seu rímel waterproof aposta em um demaquilante bifásico que é a base de oléo e água.
  • Tip # 2: Na primeira pincelada, concentre na raiz! É ela que vai dar sustentação e realçar a aparência  longa de cada fiozinho.
  • Tip # 3: Passe o aplicador por todo o comprimento dos cílios em movimentos de zig zag!
  • Tip # 4: Entre as várias camadas (eu aplico umas 3!), o produto pode acumular e deixar aquelas bolinhas uó que acabam deixando os cílios grudados. Pra evitar o efeito colado, penteie os fios entre uma aplicação e outra com a ajuda de uma escovinha! Uma boa idéia é aproveitar o aplicador limpo de um rímel amado que acabou…
  • Tip # 5: Pra potencializar o efeito do curvex, esquente o aplicador com um secador por 5 segundos antes de curvar os cílios! Ajuda a modelar melhor…
  • Tip # 6: Dificuldade pra passar o rímel nos cílios inferiores? Coloca um lencinho embaixo que facilita bastante!!
  • Tip # 7: Espere 5 segundos antes de piscar…depois de todo esse trabalho, ninguém quer borrar a maquiagem né?

Se joguem nessas dicas e me mandem seus resultados!

Beijos:)

Deixe um comentário

Arquivado em itskika's files!