Arquivo da tag: namorado

Me ajuda, Santo Antônio?

Pra quem não sabe, ontem foi o dia de um dos santos mais conhecidos e recorridos no Brasil e Portugal, principalmente pelas solteiras hahaha! Além disso, Santo Antônio é um dos santos mais lembrados nessas festas juninas, não é verdade?

Me diz, quem aí nunca ouviu aquelas coisas de amarrar o Santo Antônio com o nome do amado, colocá-lo de ponta cabeça, deixar virado para parede até que encontre um namorado ou então que saia o tão esperado pedido de casamento?

Pois é! Eu nunca fiz isso não, mas como católica que sou, sempre rezo para que me proteja. Deixo abaixo a oração à Santo Antônio.. e se você quer alcançar uma graça, mesmo que seja um namorado perfeito.. segue também a Novena de Santo Antônio, meninas!

Oração de Santo Antônio

Lembrai-vos, glorioso Santo Antônio,
amigo do Menino Jesus, filho querido de Maria Imaculada,
de que nunca se ouviu dizer de alguém que tenha recorrido à vós,
tenha sido por vós abandonado.
Animado de igual confiança,
venho à vós fiel consolador e amparador dos aflitos.
Gemendo sob o peso dos meus pecados,
me prosto a vossos pés.
Não rejeitais, pois, a minha súplica: (fazer o pedido).
Sendo tão poderoso junto ao Coração de Jesus,
escutai-a favoravelmente e dignai-vos a atendê-la.
Amém.

Novena de Santo Antônio

Rezar durante nove dias seguidos

Santo Antônio obtende-me da misericórdia de Deus esta graça que desejo…

(mencione o favor que deseja).

Como vós sois tão bondoso com os pobres pecadores, não olhes minha falta de virtude antes bem considera a Gloria de Deus que será uma vez mais ensaltada por vós ao conceder me o pedido que eu agora encarecidamente faço.

Glorioso Santo Antônio dos milagres, pai dos pobres e ajuda dos aflitos, te peço ajuda.

Tem vindo a mim seu auxílio com tão amável e me tem aliviado tão generosamente que me sinto agradecido de coração.

Aceitai esta oferta de minha devoção e amor.

Renovo a séria promessa de viver sempre amando a Deus e ao próximo.

Continuai defendendo me benignamente com tua proteção e obtende-me a graça de poder um dia entrar no Reino dos Céus, onde cantarai enternamente as misericórdias do Senhor. Amém.

Rezar um Pai-Nosso, uma Ave-Maria e um glória

Santo Antônio, rogai por nós.

Para que sejamos dignos das promessas de Cristo

Amém

Deixe um comentário

Arquivado em itskika's files!

Dicas de Presentes de Natal > Imaginarium

Com o Natal batendo na porta e os shoppings abarrotados de pessoas que buscam os presentes ideais para seus amigos, família, namorado e etc.. nada melhor do que sair dos presentes rotineiros de roupas, sapatos e perfumes e optar por presentes mais criativos como os da Imaginarium! hahaha

Eu sou suuuuper suspeita pra falar porque essa é uma loja que eu adoro mesmo! Toda vez que eu entro em uma fico horas e horas até acabar comprando um monte de coisas criativas pro meu quarto hahaha..

Abaixo seguem algumas dicas de produtos que eu garimpei pelo site da loja e, ao parar o mouse emcima deles você pode visualizar o preço, ok?

Lembrando que a Imaginarium vende online também.. então se quiser, vc pode fazer o pedido pelo http://www.imaginarium.com.br

Espero que vocês gostem!

Deixe um comentário

Arquivado em itskika's files!

Quem não tem namorado – Carlos Drummond de Andrade

Ele diz tudo nesse texto.

“Quem não tem namorado é alguém que tirou férias remuneradas de si mesmo. Namorado é a mais difícil das conquistas. Difícil porque namoro de verdade é muito raro. Necessita de adivinhação, de pele, de saliva, lágrima, nuvem, quindim, brisa ou filosofia.

Paquera, gabiru, flerte, caso, transa, envolvimento, até paixão é fácil. Mas, namorado, mesmo, é muito difícil. Namorado não precisa ser o mais bonito, mas aquele a quem se quer proteger e quando se chega ao lado dele a gente treme, sua frio e quase desmaia pedindo proteção. A proteção dele não precisa ser parruda, decidida ou bandoleira: basta um olhar de compreensão ou mesmo de aflição.

Quem não tem namorado, não é que não tem um amor: é quem não sabe o gosto de namorar. Se você tem pretendentes, dois paqueras, um envolvimento e dois amantes, mesmo assim pode não ter um namorado.

Não tem namorado quem não sabe o gosto da chuva, cinema, sessão das duas, medo do pai, sanduíche de padaria ou drible no trabalho. Não tem namorado quem transa sem carinho, quem se acaricia sem vontade de virar sorvete ou lagartixa é quem ama sem alegria. Não tem namorado quem faz pacto de amor apenas com a infelicidade. Namorar é fazer pactos com a felicidade ainda que rápida, escondida, fugida ou impossível de durar.

Não tem namorado quem não sabe o valor de andar de mãos dadas: de carinho escondido na hora em que passa o filme: de flor catada no muro e entregue de repente, de poesia de Fernando Pessoa, Vinícius de Moraes ou Chico Buarque lida bem devagar, de gargalhada quando fala junto ou descobre a meia rasgada; de ânsia enorme de viajar junto para a Escócia ou mesmo de metrô, bonde, nuvem, cavalo alado, tapete mágico ou foguete interplanetário.

Não tem namorado quem não gosta de dormir agarrado, fazer cesta abraçado, fazer compra junto. Não tem namorado quem não gosta de falar do próprio amor, nem de ficar horas e horas olhando o mistério do outro dentro dos olhos dele, abobalhados de alegria pela lucidez do amor.

Não tem namorado quem não redescobre a criança própria e a do amado e sai com ela para parques, fliperamas, beira d’água, show do Milton Nascimento, bosques enluarados, ruas de sonhos e musical da Metro.

Não tem namorado quem não tem música secreta com ele, quem não dedica livros, quem não recorta artigos, quem não chateia com o fato de o seu bem ser paquerado. Não tem namorado quem ama sem gostar; quem gosta sem curtir; quem curte sem aprofundar. Não tem namorado quem nunca sentiu o gosto de ser lembrado de repente no fim de semana, na madrugada ou meio-dia de sol em plena praia cheia de rivais. Não tem namorado quem ama sem se dedicar; quem namora sem brincar; quem vive cheio de obrigações.

Não tem namorado quem confunde solidão com ficar sozinho e em paz. Não tem namorado quem não fala sozinho, não ri de si mesmo, e quem tem medo de ser afetivo. Se você não tem namorado porque não descobriu que o amor é alegre e você vive pesando duzentos quilos de grilos e de medo, ponha a saia mais leve, aquela de chita, e passeie de mãos dadas com o ar. Enfeite-se com margaridas e ternuras, e escove a alma com leves fricções de esperança. De alma escovada, e coração estouvado, saia do quintal de si mesmo e descubra o próprio jardim. Acorde com gosto de caqui e sorria lírios para quem passe debaixo da janela.

Ponha intenções de quermesse em seus olhos e beba licor de contos de fada. Ande como se o chão estivesse repleto de sons de flauta e do céu descesse uma névoa de borboletas, cada qual trazendo uma pérola falante a dizer frases sutis e palavras de galanteira: Se você não tem namorado é porque ainda não enlouqueceu aquele pouquinho necessário a fazer a vida parar e de repente parecer que faz sentido. Enlou-cresça.”

Deixe um comentário

Arquivado em itskika's files!