Arquivo da tag: para o que serve

MOLESKINE!

O que é um Moleskine e por que quem o conhece não vive mais sem ele?

Taí algumas perguntas que eu vinha me fazendo há um tempinho.. hahaha

Qual a mágica? Qual sua história?

Eu conheci o Moleskine em uma ida à Livraria Cultura em SP e fiquei encantada pela sua cor rosinha.. no entanto, o que eu queria não tinha no rosa e acabei não comprando.. depois de muito, mas muito tempo mesmo, vi uma matéria sobre estes caderninhos incríveis e aí sim me caiu a ficha de quão importante foi a minha descoberta aquele dia.. parecia que eu estava diante à algo histórico e não sabia!

Com isso, eu fui atrás para saber do que se tratava na real..

Moleskine não é só um caderno de notas, é uma concepção artística que faz arte na gente. A diversidade de filmes que usam o Moleskine em seus personagens, o charme conferido a quem quer que faça uso do mesmo, com classe, é uma sensação de poder fazer acontecer o que de melhor tem dentro de você, as suas inconsciências, as suas abaladas florações mentais. Tornamo-nos diferentes quando somos invadidos por um Moleskine.

Passei a usar meus Moleskines nos meus escritos fantásticos, aqueles projetos que um dia vão sair do papel direto para a sua realização. As folhas são macias, boas para escrever à lápis e a capinha final para guardar pequenas sensibilidades, é um mimo!

Acredito que uma vez invadido por um Moleskine, você não quer saber de mais nada parecido para registrar suas histórias..

Quer saber um pouco da história?

dois séculos, o Moleskine tem sido o caderninho lendário de escritores, artistas, intelectuais e viajantes. Fabricado na Itália, ele era o preferido de algumas personalidades como o escritor Ernest Hemingway e os pintores Vincent Van Gogh e Henri Matisse.

Inicialmente fabricados por uma empresa familiar da pequena cidade de Tours, os cadernos tiveram uma crise de produção e deixaram de ser fabricados em 1986, com o falecimento do último artesão da família. Voltaram a ser produzidos novamente em 1998, pela empresa milanesa Modo & Modo .

A empresa que os fabrica pode ter mudado, mas a aparência, resistência e a qualidade continuou a mesma.

E, depois de tanto tempo, o caderninho de páginas amareladas e capa de couro acabou virando febre entre a galera descolada.

No site oficial da Moleskine é possível saber mais sobre a história dos caderninhos, novidades, saber onde achar pra comprar no mundo todo, compartilhar sua criatividade em seu Moleskine com a galera, conhecer modelos limitados, saber de eventos relacionados aos famosos notebooks, entre muitas outras coisas interessantes!

Alguns edições limitadas:

O QUE É?

Mas afinal, pra quê serve o Moleskine?

Ele foi criado, inicialmente, pra ser um diário de viagens, o fiel companheiro dos nômades que curtiam anotar seus itinerários, as coisas bacanas dos lugares que visitavam e curiosidades locais. Acabou virando o mais famoso caderno de anotações do mundo.

Hoje em dia, existem muuuuitas variações dele:

Tem modelo pra escrever, pra desenhar, organizador, de pintura, agenda, de viagens (inclusive, existem vários específicos de várias cidades turísticas famosas com informações sobre ela e lugares legais pra se visitar)…

Não tem desculpa! Com um Moleskine na mão, vale copiar sua receita de bolo preferida, a letra de música que você mais gosta, suas frases favoritas postadas no tumblr, suas conquistas e ambições ou até rabiscar uns desenhos despretensiosos.. a graça é usar, e muito, o seu!

ONDE COMPRAR

Os Moleskines são meio caros, e ainda são um pouco difíceis de achar.

Dá pra encomendar no eBay, no Mercado Livre e dá pra comprar na Livraria Cultura e FNAC!

O bom é que a Livraria Cultura está cada vez mais anda estocando Moleskines, estão tem um moonte por lá!

Os preços por lá variam de R$18,80 (Adress Book) até R$2.521,68 (Moleskine Woodstock Collection)! Ou seja, definitivamente não é o caderno mais barato da papelaria, né?

VERSÕES CUSTOMIZADAS DE “MOLESKINE”!

Como a proposta do Moleskine é sempre te acompanhar e deixá-lo bem com a sua carinha.. Algumas pessoas gostam deles customizados/personalizados para ficarem ainda mais com a cara de cada dono! Acho a idéia incrível! Se você está cansado dos seus Moleskines tradicionais, dá só uma olhadinha no que vocês podem fazer!

MOLESKINE VERSÕES CÍCERO E FASHIONARY!

Uma outra opção um pouco melhor para o seu bolso, é a coleção produzida pelo Cícero Papelaria! Já ouvi dizer que eles são tão bons quanto os classudos Moleskines!

Para saber mais, acesse: http://www.ciceropapelaria.com.br/

Os modelos Fashionary, são para todas aquelas meninas que são apaixonadas por moda, assim como eu! Na hora de ver a sua capa, você pode jurar que é mais um Moleskine qualquer, mas não! O Fashionary traz moldes para você colorir e deixar os looks como você bem preferir! É bem legal MESMO! É pra deixar a criatividade florir e ser beeeem feliz!

Quer conhecer mais sobre o Fashionary? Acesse: http://fashionary.org/

DICAS:

Pra quem gosta de estar sempre organizado, a Moleskine vende um Box com 12 caderninhos (todos enumerados) para você ir usando de acordo com cada mês e deixá-los sempre em dia!

Se você já for (ou se você se tornar) um grande usuário e colecionador desse lendário caderninho, você pode sempre fazer anotações e marcá-los para você saber em qual procurar quando precisar de algo..

Ao término de seu primeiro Moleskine, acredito que você seja capaz de responder qual é o seu perfil, de acordo com a tabelinha abaixo…

Vamos conferir qual é o seu tipo?

Se você ainda não começou a usá-lo ou está meio perdido em o que escrever, segue uma diquinha de como você pode separar seu Moleskine!

Se você já está amando essa suuuper mania, não deixe conferir esse vídeo super gracinha..

http://www.moleskine.com

Deixe um comentário

Arquivado em itskika's files!

Não faça feio na hora de servir suas bebidas..

Para saber qual copo ou taça é usado para servir para cada tipo de  bebida, basta seguir todas as dicas abaixo que as suas festividades serão o maior sucesso!


De cristal ou vidro? Com boca larga ou estreita? São tantas as opções e modelos de taças e copos que qualquer um pode se confundir na hora de usá-los, não é verdade?

Vamos lá!

1- Copo de Cerveja e Chopp:

Conhecido como tulipa, seu formato favorece a formação de espuma e ajuda a manter a temperatura.

2- Coffee Mug:

Também chamado de Toddy ou Caneca para Hot Drinks, é usada especificamente para coquetéis quentes, como o irish coffee de 450 ml.

3-  Taça para Espumante e Champanhe:

A taça flûte fina é elegante e mantém as borbulhas da bebida por mais tempo.
4- Taça para  Martinis e Coquetéis Gelados:

A tradicional taça de coquetel é imprescindível em qualquer bar.  A sua sofisticação e elegância ímpar contrasta com uma silueta de linhas retas e sóbrias. Traduz todo o glamour dos anos de reinado dos coquetéis clássicos. Nesta taça não se deve usar gelo ou canudo. Para decorar, apenas espete na borda uma rodela de limão ou laranja.  De 90 a 180 ml.
5- Flutê

Esta taça fina e elegante, que tem o formato parecido com uma flauta, substituiu a antiga taça de champagne (semelhante à uma taça martini um pouco mais arredondada) justamente por reter por mais tempo o perlage que se desprende do champagne ou espumante. Serve de 180 à 280 ml.
6- Shot

É o típico copo do cowboy americano e é também chamado de yankee shot. Serve bebidas sem gelo e geralmente puras, mas também pode-se preparar coquetéis em camadas neste pequeno copo que tem de 35 à 60 ml. O seu similar brasileiro é o copo de pinga ou doses de vodca, muito popular em cachaçarias e botecos. A sua base grossa evita que o calor das mãos esquente a bebida (que costuma ser servida gelada, e em pequenas doses).
7- Taça de Vinho Branco:

A taça é menor do que a do vinho tinto porque a bebida deve ser servida aos poucos, para não esquentar (o vinho branco deve ser consumido gelado). O bojo é menor para conservar o aroma, mais delicado do que o do vinho tinto. Esta taça também é usada para servir vinho rosé.
8- Sommelier

Diferentemente do copo Hurricane, este não é tão bojudo e tem a haste mais alta. Pode ser substituído pelo Baloon (menos usado atualmente) para a degustação de conhaques (cognacs).
9- Taça de Vinho Tinto:

O vinho tinto é geralmente serviço em taças maiores e mais bojudas para realçar o sabor e aroma da bebida. É mais larga do que a do vinho branco porque os tintos não precisam estar gelados.  O mais correto é segurar a taça pelo pé. Mas, no caso do vinho tinto, não se considera um erro segurar na própria taça.
10- Margarita:

Com haste fina e boca larga, é indicada para servir o coquetel típico mexicano. Na hora de servir este drinque, costuma-se molhar a borda da taça com suco de limão e depois encostá-la em um prato com sal.
11- Hurricane:

Copo feito sob medida para servir coquetel de frutas tropicais e refrescantes.  É ideal para bebidas cremosas, à base de creme de leite e leite condensado. Combina com as mais extravagantes decorações e pedo ser substituído pelo Baloon (menos usado atualmente).
12- On-the-Rocks:

O copo é largo para acomodar os cubos de gelo, que geralmente acompanham a bebida. Muito usado para servir uísque e também é chamado de double old-fashioned. O modelo clássico para servir essas bebidas é o copo mais baixo. Apesar do teor alcoólico elevado, são drinks servidos com gelo. Assim o copo não precisa ser alto, mas deve ser suficientemente largo para acomodar as pedras e ter fundo grosso para impedir que a bebida esquente.

13- Copo Long Drink.

Copo para bebidas destiladas e coquetéis refrescantes.. o tradicional copo long drink é indicado para servir água, refrigerante, suco ou bebidas com bastante gelo, como club soda.

E agora, estão preparados?

1 comentário

Arquivado em itskika's files!