Arquivo da tag: tutorial

O Guia Completo Sobre as Bolsas Icônicas da CHANEL (2.55 Reissue & Classic Flap)

O estilo CHANEL tem atravessado muitas gerações e continua a preservar os códigos que conseguiram estabelecer a sua idéia de estilo e elegância e isso não é novidade pra ninguém né? É instantaneamente reconhecível!

Com um olhar visionário, a Mademoiselle CHANEL revolucionou a vida das mulheres ao criar a pequena obra-prima, funcional e perfeitamente proporcional batizada de Bolsa 2.55, em Fevereiro (02) de 1955 (55), que orgulhosamente afirma sua diferença com a inteligência e um toque de luxo, atendendo cada mulher e cada necessidade.

A famosa e icônica Bolsa 2.55 apresenta um design elegante e lustroso que nunca sai de moda. Esta bolsa é inimitável, desafia o tempo e atrai cada nova geração. Coco CHANEl imbutiu a sua própria história pessoal neste acessório, assegurando um lugar no legado da moda.

Vamos entrar um pouco na história da 2.55?

Vem comigo!

A Bolsa Icônica é um emblema de uma marca e sinônimo de luxo e savoir-faire (conhecimento), é digna do respeito que recebe.

Além de ter sido a primeira bolsa tiracolo do mundo, deixando livres os braços e mãos das mulheres que começavam a se equilibrar entre a vida doméstica e profissional, a inspiração veio das pastas estilo carteiro usadas por mensageiros na II Guerra. O metalassé foi reproduzido dos casacos dos jóqueis e das almofadas de camurça marrom do apartamento de CHANEL, na Rue Cambon, em Paris.

Desde 1983, Karl Lagerfeld, sucessor da Mademoiselle, faz juz ao seu cargo, recriando a peça icônica em novos materiais sem deixar de lado a perfeição, a tradição e o bom gosto, seguindo seu fiel lema: “Criar um futuro melhor a partir dos elementos do passado.”

Com isso, são criados trinta novos modelos anualmente da bolsa icônica, seja ela a Classic Flap ou a 2.55 Reissue, mas a campeã de venda e de popularidade é a preta no metalassé caviar ou lambskin (que vocês vão entender a diferença logo mais!). Só para vocês terem uma idéia, 50% da produção anual é dessas peças e a cada nova coleção testa-se um novo tipo de bege, que era também uma das cores favoritas de CHANEL. O duo preto e branco eternizado e extremamente usado por Coco em suas criações é um clássico e sempre deixa o visual elegante. Ela dizia:“O preto domina tudo, assim como o branco. Eles são a beleza absoluta. São a harmonia perfeita.” Inúmeros livros contam que essa inspiração também nasceu da observação das vestimentas utilizadas pelas freiras enquanto ficou no orfanato/convento e soube adaptá-las muito bem.

Abaixo vocês conferem os dois modelos clássicos da Bolsa Icônica da CHANEL e suas diferenças.

Em ambos os modelos: 2.55 Reissue(1) e Classic Flap(2), a bolsa possui um metalassé inovador, com costura reta fornecendo a bolsa um peso agradável, confortável e garantindo um estilo impecável.

O modelo 2.55 Reissue(1) foi batizado também em Fevereiro, mas no ano de 2005 por Karl Lagerfeld, colocando nas lojas CHANEL a reedição da bolsa original 2.55 criada por Coco à venda. Tal lançamento foi planejado em comemoração ao 50º aniversário da bolsa e por isso a denominação “2.55 Reissue” deve aplicar-se apenas às bolsas comemorativas, com o fecho “Mademoiselle Lock”(6) e “Vintage” Lambskin(3).

Já a Classic Flap(2), com o fecho “Stamped CC Lock” (Com o CC entrelaçado) foi uma criação de Karl Lagerfeld na década de 80. Ele manteve todas as características e peças criadas e colocadas por Coco para desempenhar uma função. A Classic Flap (Aba Clássica) é sempre observada em todas as bolsas!

Vamos aprofundando ainda mais as diferenças, tendo como referência o quadro comparativo acima.

É possível observar três tipos de couro: O “Vintage” Lambskin(3), o Caviar(4) e o tradicional Lambskin(5).

– Lambskin (5) :

O couro original escolhido para fabricação das bolsas foi o de Pele de Cordeiro Macio (Lambskin!), que oferece o mais puro e suave grão. Firmes e extremamente flexíveis, cada bolsa é cortada a partir do coração do couro e tingidas por longos períodos para garantir um acabamento natural (bem liso e com um brilhinho!). Cuidado, pois este couro é sensível à umidade e fricção repetida!

– “Vintage” Lambskin (3) :

Encontrada nos modelos 2.55 Reissue, é utilizado o couro de cordeiro (Lambskin) com um brilho tipo pátina, criada usando uma técnica de “bronzeamento”, que foi especificamente aperfeiçoado por CHANEL para empregar um ar mais vintage ao acessório!

– Caviar / CalfSkin (4) :

O Couro Caviar, é um couro de bezerro granulado, com textura fina e flexível, naturalmente elegante e ideal para todas as ocasiões!

Estas diferenças precisam ser levadas em conta na hora de fazer a escolha entre Lambskin X Caviar.

O preço das duas é praticamente IGUAL. Tem uma variação bem pequena mesmo! Mas, você precisa saber muito bem pra qual ocasião você estará comprando a Bolsa, pois elas apresentam algumas características bem interessantes. Vamos lá.

LAMBSKIN: Prós e Contras.

– Muito macio, liso

– Aparência luxuosa e elegante, ideal para sair à noite.

– Precisa de muito cuidado no manuseio

– Mais propenso à riscos, arranhões, marcas e dobras no couro.

– Pode rasgar com maior facilidade.

CAVIAR: Prós e Contras.

– Textura mais rígida, granulada.

– Democrática, combina para ocasiões diversas (seja de dia ou noite), mas é melhor para o dia-a-dia.

– Manuseio mais prático

– Mais durável

E agora? Pensem nestes detalhes ao fazer suas escolhas meninas!

Próximo Item!

O Fecho Mademoiselle(6) é retangular e possui também um acabamento mais vintage, como ouro envelhecido ou prata envelhecido acompanhando a proposta da bolsa Reissue. É o fecho original desenhado por CHANEL.

Já o Fecho CC Entrelaçado(7) foi incorporado na década de 80 por Karl Lagerfeld como já comentado. Ele aparece em vários outros modelos de acessórios e é considerada tão clássico e chique como o Mademoiselle! (Eu particularmente até prefiro!)

As legendárias e libertadoras correntes CHANEL, são encontradas em duas versões nas bolsas: na 2.55 Reissue(10) ela é entrelaçadas com peças de jóias na mesma cor da corrente, já na Classic Flap(11) ela é entrelaçada com tiras do couro revestido na bolsa, e ambas deslizam em quatro ilhotes. Quando usada no ombro, ela se adapta perfeitamente à forma do corpo de uma mulher e torna-se uma amiga íntima do usuário. É extremamente confortável!

As correntes são feitas por um especialista que tem como missão deixá-las nem muito apertada, nem muito solta, e sim flexíveis e vivas, livres para ser usadas mais curtas ou mais longas, atendendo a necessidade da usuária.

Já li que as correntes utilizadas pela CHANEL como alças das bolsas partiu da sua memória de infância em que viveu no orfanato/convento e as chaves das portas ficavam presas em correntes duplas (tais como as alças da bola) na cintura das freiras ou “tias” como ela chamava.

No Livrinho que vem junto com a Bolsa Icônica consta que o modelo 2.55 Reissue (1) possui 03 tamanhos oficiais: Small, Medium e Jumbo e na Classic Flap(2) você encontra 04 tamanhos oficiais: A Mini, a Small/Medium, a Jumbo e a Maxi (rara!).

Mas, como eu já citei anteriormente, como a cada ano são lançadas novos modelos em forma de “reedição” das itbags, você encontra vários tamanhos com materiais, acabamentos, tons e costuras diferentes.

Só para vocês terem idéia, vou deixar aqui as medidas dos modelos oficiais e clássicos. Ao final do post, vocês poderão visualizar melhor essas medidas, pois vou mostrar as diferenças de tamanho da Classic Flap usando as celebridades! (Não Perca!!!!)

– Tamanhos da 2.55 Reissue:

  • Pequeno – 9 “x 5,5” x 2 “
  • Médio – 10 “x 6” x 2,5 “
  • Jumbo – 12 “x 8” x 3 “

– Tamanhos da Classic Flap:

  • Mini – 7,5″ x 5,75″ x 1,75 “
  • Small/Medium – 9,75 “x 7,06” x 2.16 “
  • Jumbo 12/25 “x 9,18” x 2,5 “
  • Maxi 14,2 “x 9,8″ x 3 ” (Mais difícil de encontrar!)

Bom, como esta bolsa é basicamente fabricada na França e Itália, com certeza acaba saindo mais barato comprar nas cidades da Europa. No entanto acho meio descômodo fazer uma compra dessa fora do país, pois você pode acabar não encontrando o modelo exato que você queria, e muitas vezes não podemos trazer nem a caixa que é ótima para guardar uma bolsa como essa que merece todo o cuidado do mundo!

Na Europa eles devolvem uma taxa (VAT) sobre os produtos fabricados no país. Então realmente acaba saindo mais barato, pois a CHANEL não dá desconto em lugar nenhum do mundo. Os preços da 2.55 Reissue e Classic Flap NUNCA ABAIXAM, mesmo em tempos de crise.  Na verdade eles sofrem um reajuste anual, aumentando os valores das itbags em até 20%! Você pode até encontrar produtos da marca em promoção, no entanto, te garanto, você não vai ver nenhuma delas dando sopa em um grande SALE. Elas nunca entram!

Quando eu comprei a minha, acabava compensando comprar no Brasil mesmo, abaixo vou mostrar os cálculos que fiz, comparando com os preços nos Estados Unidos.

Valores em dólares da Classic Flap:

– Mini: US$ 2.400,00

– Small/Medium: US$ 4.400,00

– Jumbo: US$ 4.900,00

EUR 3.450,00 (12% VAT) – Valor válido para a França a Itália.

UK: 2.975,00 Libras (13,5% VAT)

– Maxi: US$ 5.300,00

Valores em reais da Classic Flap: (Loja Shopping Cidade Jardim)

– Small/Medium: R$ 10.580,00

– Jumbo: R$ 11.680,00

Vamos aos valores de conversão Dólar para Reais.

Vou usar o modelo Jumbo como referência.

US$ 4.900,00 + Taxa de 8,5% (obrigatório nos EUA, a taxa varia de lugar para lugar) = US$ 5.316,50

Passando para reais, utilizando o câmbio de R$ 2,15 (04/09/12).

US$ 5.316,50 X R$ 2,15 = R$ 11.430,47

Ou seja, você ganharia apenas R$ 249,52 comprando nos EUA!

Já, se você fizer a compra na Europa, você realmente leva vantagem!

Vou usar o mesmo modelo Jumbo como referência cotado anteriormente como se eu fizesse a compra na França.

EUR 3.450,00 X R$ 2,75 = R$ 9.487,50

Taxa de Refund (12%)

R$ 9.487,50 – 12% = R$ 8.349,00!

E os próprios vendedores da CHANEL aconselham a levar a nota fiscal nas viagens, pois como a alfândega sabe que é um artigo caro, eles podem querer cobrar impostos.

Bom, agora vamos falar mais um pouquinho sobre a Confecção da Bolsa para vocês entenderem o motivo de ela custar TÃO caro assim!

Do corte ao acabamento, a Bolsa exige 180 operações, que são dominadas e acompanhadas de maneira altamente perfeccionista podendo levar até 18 horas para ficar pronta. As mãos experientes dos mestres trabalhadores no couro CHANEL são os que trazem a bolsa clássica para a vida e por isso este trabalho consome 80% do tempo de produção do acessório. A maioria deles trabalha na Maison há cerca de 17 anos e cada bolsa passa por 6 a 15 artesãos que conhecem muuuuito bem todas as 60 peças utilizadas para a sua montagem. Acabado este processo, as bolsas ainda são submetidas à temperatura de 60 graus e a 95% de umidade relativa do ar por 72 horas para que a resistência seja testada.

Após explorado o princípio de Mademoiselle CHANEL, de que o interior deve ser tão bonito quanto o exterior, a bolsa é montada então de dentro para fora e o forro é projetado como uma bolsa interna na cor borgondy. Esta cor é um vermelho acastanhado, representando a cor do uniforme usado por Coco na escola no Sul da França.

Aqui vou reforçar alguns pontos interessantes na sua produção:

  • 01 – O metalassê inovador inspirado nos casacos dos jóqueis e nas almofadas da sua casa que faziam referência aos vitrais da Abadia em Aubazine, onde Coco cresceu.
  • 02 – O “forro” da bolsa clássica é na cor borgondy, pois CHANEL dizia que ficava mais fácil procurar e tirar os itens sobre um fundo colorido, mas podemos encontrar também no preto ou em outras cores que acompanham a cor do couro externo da bolsa. Outro detalhe interessante é que ele também é feito de lambskin, mesmo que o externo da bolsa seja no caviar, por exemplo. É um luxo total.
  • 03- As partes em metal são todas fabricadas em Paris. Logo abaixo vocês vão ver que em todos os fechos possui a seguinte marca: CHANEL PARIS mesmo que seja no verso ou bem discreto.
  • 04- CHANEL adorava bolsos, ela sempre os achou uma parte essencial na filosofia prática. Na bolsa é possível encontrar ao todo 07 bolsos. O bolso traseiro é conhecido como o “Sorriso de Mona Lisa”, com suas linhas levemente arrebitadas que ela usava para guardar um dinheiro extra.
  • 05 – Ao final da produção a bolsa é mantida em processo de testes por 72 horas antes de irem para as lojas.
  • 06 – O bolso bem pequeninho com zíper encontrado na Aba (Flap!) que contém o fecho, foi batizado pela CHANEL de bolso “secreto” para esconder as cartas de amor.
  • 07 – Antes de assinar seu trabalho maravilhoso com um discreto pesponto em forma de “C” duplo, Coco confeccionou bolsos internos para guardar cartões e cadernos de anotações. O pequeno e inteligente bolso no meio é projetado para um batom! (Genial!)
  • 08 – A outra aba com um fechamento interno foi elaborada para deixar nossos pertences mais seguros! Podemos andar sem preocupação caso viremos a bolsa.
  • 09 – Ao comprar uma bolsa, localize o número de série dela que fica bem escondidinha.. normalmente é bem no cantinho direito! Com ela vem um cartão de autenticidade com o mesmo número, que vocês terão maiores informações abaixo.

É incrível ou não é?

Agora saímos um pouco desse momento de apresentação da 2.55 e partimos para uma parte mais prática!

Hoje em dia em meio a tantas imitações, réplicas e derivados, ficamos com medo de comprar nossas bolsas em sites da internet, de amigos que juram ter comprado ou ganhado de alguém e acabar investindo nosso rico dinheirinho em uma grande roubada!

Por isso, vou mostrar passo a passo de como a bolsa original vem após ser realizada a compra e aos detalhes que vocês precisam se atentar na hora de avaliar o produto.

Vamos lá!

Se você tem muito medo de comprar um artigo falso, então procure sempre uma Loja Oficial da marca.. lá você se sente segura e tem um vendedor altamente qualificado para te fornecer informações e tirar dúvidas.

Quando fui comprar a minha, estava morrendo de dúvida se comprava uma Lambskin ou uma Caviar Preta, pois já tenho uma Chanel na Caviar e eu realmente amo este couro! (Vocês podem ver na foto abaixo!). Como esta é a minha primeira Classic Flap, fiquei com um medo enorme de investir todo esse dinheiro em uma bolsa lambskin que pudesse manchar, riscar com maior facilidade, mesmo que ela tenha um aspecto mais chique! Confesso que não sou muito cuidadosa então não podia ficar na compra duvidosa. Conversei com a vendedora Adriana, uma fofa aliás, e chegamos a conclusão que o melhor investimento é na Caviar! Acabei optando pelo tamanho Jumbo, a grande, que é melhor para o dia-a-dia, pois sou daquelas que sai cedo de casa e volta bem tarde e precisa ir guardando mil coisas na bolsa. Como ela seria para o uso cotidiano e possivelmente para uma saída ou outra à noite, então o Caviar cairia super bem, pois também tem sua elegância e requinte e ainda é mais resistente!Então, se você também tiver este perfil, pense bem em relação ao couro!

Apresento-lhes a minha Chanel Classic Flap Black Caviar Jumbo!

A experiência de compra na CHANEL é realmente incrível. Ela possui um atendimento diferenciado e tem todo o glamour que merecemos.

Quando chegamos em casa, é claro que vamos correndo abrir a caixa para exibir a sua novíssima aquisição!

Vocês vão acompanhar o passo a passo de como que a bolsa icônica vem embalada!

  • 1 – 2) Além de trazer para a casa a sacola com a famosa e amada Camélia branca de tecido, a caixa é bem rígida, diferente das outras que acompanham as outras bolsas e também vem uma outra Camélia na fita da caixa. Elas são “coladas” com um silicone na sacola e na fita, mas vocês podem retirá-las sem danificar nada, nem a camélia, nem a fita, nem a sacola! (YEY!) haha
  • 3 – 4) Ao abrir a caixa, o papel de seda é preto contrastando com a dustbag exclusiva (saquinho) da bolsa icônica que é a branca, fugindo daquela padronizada toda preta escrito em branco como a caixa.
  • 5) Ao levantar a “aba” da dustbag, há uma ilustração de Coco CHANEL e a assinatura de Karl Lagerlfed! Chiquérrimo!
  • 6) Embaixo da bolsa vem dois livretinhos brancos: um com o certificado da bolsa com o seu nome, data de compra e local e com ele é contada a história da bolsa icônica em várias idiomas: português, inglês, francês, alemão, japonês, espanhol, italiano e umas imagens da confecção da bolsa em preto e branco. No segundo livretinho, vem uma flanela (a direita) para polir todas as peças em metal e um guia de como cuidar, fazer a limpeza e manutenção de acordo com o tipo de couro comprado.

O Cartão de Autenticidade da bolsa e a dustbag preta escrita CHANEL em branco vem dentro da bolsa cujo interior está cheio de papel de seda, para preservar o formato da bolsa.

Nas lojas em Paris, as sacolas e caixas são brancas. Vocês podem encontrar essa variação de cor nas embalagens, no entanto no interior da caixa e bolsa ela segue o mesmo protocolo. Contém exatamente as mesmas coisas.

Minha prima esteve em Paris e comprou a sua 2.55 Reissue na famosíssima Rue Cambon (Inveja boa!). Ela me enviou umas fotos para eu mostrar para vocês como é essa diferença!

Dá só uma olhada!

Lindo, lindo, lindo!

Antes de mais nada, para saber realmente do que se trata esta bolsa é legal que você tenha lido tudo o que foi dito acima, pois o conjunto de informações te dá um melhor alicerce de Como Identificar uma Bolsa Icônica Falsa! Aqui no exemplo, vou utilizar a Classic Flap no Lambskin, mas as dicas valem para todas, até mesmo para a 2.55 Reissue!

Segue aqui um Guia Rápido de como averiguar a autenticidade deste item!

  • 1) Atente-se ao couro, veja a consistência, o brilho, o cheiro, mesmo que sutis, vocês aprenderam que o couro é natural e passa por muuuitos processos até chegar à loja,  ele precisa ter estas característiscas que nós conseguimos distinguir a olho nu!
  • 2) Os metais da bolsa, são produzidos com todo o cuidado e com uma cerca precisão. Eles não desbotam, enferrujam, nem mudam de cor ao longo dos tempos. Eles possuem um certo brilho!

  • 3) Os fechos ou pins, possuem o CHANEL PARIS como identificação e os parafusos utilizados não possuem a cabeça em forma de cruz. Eles são parafusados com chave de fenda, e não chave phillips!
  • 4) Repare no couro interno na cor borgondy e as costuras retas seguindo a mesma cor. Além disso, a bolsa é sempre feita na França! Se os metais são dourados, o CHANEL e MADE IN FRANCE serão grafados em dourado. Caso os metais sejam prateados, como é este caso, a grafia é prateada.
  • 5) O cartão de autenticidade que acompanha a bolsa contém um número que é o mesmo da bolsa, eles são de plástico laminado com bordas em dourado, bem durinhos e os números são em relevo como os de cartão de crédito. Os arcos dourados falsos chegam até a ficar com a borda que era para ser dourada, um pouco colorida, como o arco-íris.  Faça a conferência!
Deu para dar uma ajudada?

E conforme eu tinha prometido, abaixo especifico melhor os tamanhos das Classic Flaps para vocês visualizarem!

E aí meninas, qual tamanho vocês mais gostam?

Caso vocês tenham qualquer dúvida, comentário, sugestão ou crítica, entre em contato comentando no Post ou então pelo e-mail: itskika@hotmail.com !

Um beijo!

Anúncios

61 Comentários

Arquivado em itskika's files!

Nail Art: 25 inspirações para você se apaixonar!

Quando o assunto é unha, hoje encontramos uma infinidade de possibilidades para inovar a cada ida na manicure! É mix de texturas, é desenho, é carimbo, é caviar, é pelúcia, é adesivo, é craquelado, é degradê.. tá tuuuuudo liberado!

Basta você soltar sua criatividade e arrasar na hora de fazer suas unhas ou ir à manicure!

Abaixo vocês conferem algumas pics de meninas que arrasaram nas suas Nails Art!

A minha favorita é logo esta de baixo, que você pode fazer com esmalte preto, base fosca, extra brilho e fita adesiva!

Vem comigo!

Preparem-se para soltar suspiros consecutivos ao descer esta página..

Vamos fazer?

2 Comentários

Arquivado em itskika's files!

Tamanhos & Preços da Chanel Classic Flap nos EUA!

Vocês que vão para os EUA e já estão fazendo suas listinhas de quanto levar e quanto já vai estar comprometido para sua listinha de aquisições, aposto que vocês saem pesquisando na internet alguns valores para vocês não levarem um susto na hora tão esperada, não é verdade?

Como algumas marcas de alto prestígio como a CHANEL, por exemplo, ela nunca coloca os valores nos seus sites.. por isso é complicado de saber quanto teríamos que desembolsar para adquirir uma tão desejada Bolsa Icônica como os dois modelos: 2.55 Reissue ou a Classic Flap! (Quer saber a diferença entre eles? Confira AQUI!)

Nas lojas em SP os valores ficam expostos nas vitrines, no entanto nas lojas do EUA, se você quer realmente saber os preços das bolsas, é preciso que você entre e solicite uma vendedora!

Para dar um help aqui para as amigas, segue abaixo as fotos ilustrando o tamanho do modelo em relação ao corpo das celebs para vocês terem uma noção mais precisa!

Lembrando que os valores colocados abaixo são SEM os impostos que nos EUA são calculados separados (não estão inclusos nos valores de etiqueta). Eles variam de 7% à 12% de imposto!

Vamos lá!

The Mini Chanel 2.55 – US$ 2.300,00

Small / Medium Chanel  – US$ 4.400,00

Jumbo Chanel  – US$ 4.900,00

Maxi Chanel  – US$ 5.300,00

Post com referências de valores de 08/02/2012 (Após o reajuste Anual)

QUER SABER TODAS AS DIFERENÇAS E INFORMAÇÕES REFERENTES ÀS BOLSAS ICÔNICAS DA CHANEL? ACESSE O POST AQUI !

” O GUIA COMPLETO SOBRE AS BOLSAS ICÔNICAS DA CHANEL

(2.55 REISSUE & CLASSIC FLAP)”

6 Comentários

Arquivado em itskika's files!

Como ser elegante?

Frequentemente confundida com estilo, elegância é uma questão existencial, de como você pensa a sua vida, como se coloca no mundo. Tem muito mais a ver com aprimoramento pessoal do que com aparência. Por isso, depende de aprendizado contínuo, a vida inteira!

Para simplificar, elegância é simplesmente adequação ao seu corpo, à sua personalidade, ao seu estilo de vida, à sua idade, à sua profissão, à sua casa, ao seu jeito de ser. Nada mais elegante do que uma mulher alinhadíssima na roupa, nos movimentos, no jeito de se dirigir ao outro, que parece conseguir esse resultado sem muitos esforços.

Então combine a roupa que você usa com o jeito como se comporta!!!

Ser elegante é uma questão de postura, de gesto. Não apenas de vestuário. É um aprendizado, uma filosofia de vida.. quem você é, quem você quer ser e o que faz para chegar lá.

Primeiro você tem que saber o que fica bem em você.

É necessário, provar a roupa e combinar looks várias e várias vezes para você ter a certeza de que nao esta cometendo uma enorme gafe! Vários quesitos devem ser levados em conta. Quanto tempo você vai ficar vestida daquele jeito? Que imagem você quer passar? Qual o nível de conforto que a roupa proporciona? É suficiente para aquela ocasião?

Elegância, pelo menos na aparência, tem um lado racional.

Quando ensaiamos antes, os looks nos dão segurança, nos preservam de momentos desagradáveis e imprevistos.

Se não der certo ou despertar dúvidas, nem perca seu tempo!

Costanza conta que quando ela vai à Europa e à NY para as temporadas de moda, ela prova uma a uma todas as combinações que planeja usar, assim ela reduz o tamanho da mala e sente-se mais segura na hora de escolher o look.

Além disso, educação é a forma mais básica de demonstrar respeito pelo outro. Ser educado é essencial para viver melhor, porque se trata de escolha determinante no que tipo de contato que você mantém com o mundo.

Ser educado é fazer com que o outro, não importa quem, sinta-se a vontade.

Há uma maneira moderna, leve e eficaz de ser educado, sem ser artificial. Qual é? É bem simples: seja rigorosamente gentil com todas as pessoas. ( Não existe coisa mais deselegante do que fazer distinção de tratamento baseado em posição socioeconomica). Seja educado não por oportunismo, para agradar e ter aceitação. Mas por convicção, por interesse pelo outro!

As expressões bom-dia, boa noite, por favor, obrigado, com licença, entre outras bem simplesinhas, são universalmente aceitas e viáveis para tentarmos fazer das relações humanas experiências mais agradáveis.

Marque presença com gentileza.

A ostentação sempre revela arrogância. É uma maneira de jogar na cara do outro, assim mesmo, sem qualquer sutileza, aquilo que vc tem ou pelo menos deseja fazer parecer que tem. Mostra insegurança e ingenuidade.

Vale aquele clichê de que o que realmente importa é o ser e não o ter.

Outro ponto interessante é tentar falar mais baixo.

Há uma tendência de as pessoas falarem cada vez num tom mais alto, provavelmente movidas pela fantasia de que serão mais bem compreendidas ou por mero instinto primitivo de dominar no grito.

Faça um teste e experimente baixar o volume da voz. É inevitável, o interlocutor será obrigado a restar mais atenção no que você diz e sua imagem ganhará em sofisticação. Existe uma música dos anos 50 chamada” Speak Low” que diz que falar alto é invadir o espaço do outro, sem pedir licença, de um jeito bem deselegante. Não tem nada a ver com extroversão ou personalidades expansivas. É falta de bom senso mesmo.

Outro ponto que devemos respeitar é não falar palavrão em público, pelo mesmo motivo de respeito àqueles que estão ao seu redor.

Aprenda  a ter timing. É fundamental e elefantérrimo!

Quando voce tem uma percepção mais aguçada do tempo, para identificar o instante de começar, continuar ou interromper alguma coisa, tudo flui melhor. Vale no panorama geral da vida, ao sair de um emprego ou mudar de profissão, por exemplo, e funciona incrivelmente nas situações mais corriqueiras e banais, no convívio com as pessoas, entendendo que a sua presença ou a do outro, sempre pode pesar um pouquinho, dependendo do tempo que estiverem juntos.

– Ter timing é saber o momento certo de sair de cena.

Nas festas e compromissos sociais, não se trata do famoso SSS – Surgir, Sorrir e Sumir.

É eficiente quando se quer apenas marcas presença, mas é preciso perceber que há sempre uma melhor hora para chegar a a hora ideal para ir embora.

Lembrem-se também do seguinte:

Chegar atrasado é sempre pouco educado, especialmente se for num encontro com poucas pessoas, ou grupo pequeno.

Para um jantar ou um almoço sentado, atraso é inadmissível, já que implica deixar uma ou várias pessoas desconfortáveis, com fome, por acusa dessa displicência.

Em confraternizações maiores, uma boa alternativa pode ser chegar no meio da festa, quando ela estiver no auge, especialmente se a sua intenção for encontrar o maior número de pessoas possível.

Aliás, ir a uma festa e ficar o tempo todo restrito a um mesmo grupo ou grudado numa única pessoa, sem socializar, é desconcertaste, nada educado. Ter timing nesse caso é circular. Festa é para isso, afinal!

E aí, gostaram das dicas meninas?

4 Comentários

Arquivado em itskika's files!

Guia para escolher bases da M.A.C!

Recebi alguns e-mails das meninas que foram pesquisar sobre as bases da M.A.C e encontraram uma gigantesca variedade de opções deixando-as cheias de dúvidas à respeito de qual comprar.

Com isso, resolvi fazer uma busca aprofundada e lançar meio que um tutorial de como escolher sua base M.A.C!

Vamos lá!

As diferenças entre os subtons de cores (NW, NC, N, C) e para qual cor de pele cada um é indicado.

A maioria das bases MAC tem sua nomenclatura dividida entre:
NW = neutral warm, são cores mais quentes com pigmentos que “puxam” para os tons mais rosados;
NC= neutral cool, são cores mais frias com pigmentos mais amarelados em sua composição.

Algumas como Face and Body, por exemplo, são divididas apenas entre:
N= neutral, que são bases de tons mais beges; e
C= cool, novamente, ligeiramente mais amareladas.

Se você está pensando: “Meu Deus! Qual devo escolher?” Em primeiro lugar, vamos descobrir qual o seu tipo e qual a condição de sua pele hoje para escolhermos QUAL a melhor base para você. Escolhida a base, partimos para escolha da cor. O ideal é que a cor da base harmonize perfeitamente com a cor de seu colo e braços, por isso, não vá testar base de casaco e pashimina né amiga? hahaha

Normalmente, temos a pele do rosto mais clara do que a pele do colo e braços, em função do fator de proteção solar mais alto usado no rosto, nestes casos, o melhor é optar por uma base que faça a cor de rosto aproximar-se da cor do resto do corpo.

Atenção!: Neste caso, quando você aplicar a base sobre o rosto ela parecerá mais escura, não grite! Faça meio rosto dê 5 passinhos para trás e observe. NÃO VALE FICAR COLADA NO ESPELHO DE AUMENTO!! É preciso ver o todo!

Dicas: quando estiver em dúvida entre NC e NW, peça pro artista da loja M.A.C fazer um lado do rosto com uma base NC e outro com uma base NW! A cor certa some na sua pele.

Se sua pele do rosto for ou estiver avermelhada e a do corpo amarelada, o ideal é uma base NC para neutralizar o vermelho. Mas again, a passagem de cor do rosto-pescoço-colo tem que ser suave e deve estar harmônica.

Na primeira compra da base o ideal é que você VÁ até uma loja MAC, converse sobre sua pele e hábitos e teste algumas opções com o artista, deixe a compra online para a reposição do que você JÁ sabe que funciona!!

Quais as melhores bases para as meninas que tem pele muito oleosa?

Studio Fix Powder Foundation (1), Studio Fix Fluid (2), pois possuem ingredientes que ajudam a controlar a dispersão do óleo produzido pela pele, além de oferecem acabamento opaco. Vale lembrar que: MESMO PESSOAS DE PELE OLEOSA DEVEM HIDRATAR A PELE!! Se você não hidrata a pele antes da aplicação da base, ela vai “roubar” água da primeira fonte que encontrar, neste caso a sua base, e daí? Daí que ela pode ‘craquelar’, além de diminuir sua durabilidade! Oil Control Lotion da MAC é incrível para ajudar a controlar a dispersão de óleo produzido pela pele é de rápida absorção, ou seja, confortável à pele (você não vai se sentir grudando!).

  • Studio Fix Powder Plus Foundation (1)

Studio Fix é um produto 2 em 1, pó e base, que combina boa cobertura e fácil aplicação. Desenvolvido para ser utilizado seco, o pó e seus pigmentos criam uma textura opaca e aveludada. Contém sílica, que ajuda a manter um resultado fosco pois absorve a oleosidade da pele, assim como talco, que proporciona um resultado mais uniforme e um efeito anti-reflexo. O talco, refinado a um tamanho microscópico, deixa a pele com uma bonita textura e, ao mesmo tempo, permitindo-a respirar. Não comedogênico e de longa duração, disponível em uma grande gama de tonalidades. Pode ser aplicado com um pincel ou esponja.

  • Studio Fix Fluid SPF15 (2)

A versão líquida de nossa clássica base Studio Fix. Proporciona uma cobertura média que pode ser construída e com um resultado opaco natural. Possui fator de proteção solar SPF 15 para proteger a pele contra os efeitos UV do sol do dia-a-dia.

E para as meninas com pele seca?

A regra da hidratação vale pra todas!! Ótimas opções de hidratação para peles secas são: Moisturelush Cream o qual chamamos de bomba de hidratação!! Studio Moisture Fix pode ser usado para todos os tipos de pele, é o mais usado nos backstages pois tem resposta rápida. Já as bases mais recomendadas para pele seca são: Mineralize Satinfinish (3),e Studio Moisture Tint (4). Para não errar – Studio Sculpt (5) e Face and Body (6) podem ser usadas em todos os tipos de pele.

  • Mineralize Satinfinish (3)

Uma base fluída que combina as propriedades naturais refletoras de luz de seus micro-minerais com um acabamento acetinado e suave. Proporciona uma cobertura de leve a média e realça sua pele, deixando-a com uma aparência ligeiramente luminosa. Ajuda a manter a pele radiante, saudável e re-energizada. Contém vitaminas A, C e E que ajudam a nutrir e condicionar a pele. De longa duração, fornece uma proteção contra os raios UVA/UVB pois contém fator de proteção solar SPF 15, ideal para o dia-a-dia.

  • Studio Moisture Tint (4)

Um hidratante colorido e leve, com fator de proteção solar 15 e outros ingredientes nutritivos para a pele. Especialmente adaptado para a temporada, esta tonalidade transparente oferece uma cobertura suficiente para nivelar o tom da pele, criando um acabamento impecável e deixando a pele protegida, macia e hidratada. Adequado para todos os tipos de pele.

  • Studio Sculpt (5)

Base à base de gel, cremosa e luxuosa que proporciona uma cobertura de média a alta com um resultado natural e acetinado. Sua fórmula hidratante revitaliza a pele instantâneamente ao mesmo tempo que mantém sua aparência suave e macia. Resistente à água e de longa duração.

  • Face And Body (6)

À base de água, este base de longa duração resistente à água proporciona uma cobertura natural para a face e para o corpo. Ideal para todos os tipos de pele. Face and Body Foundation proporciona uma cobertura natural e transparente e espalha facilmente, resistente à água. Sua fórmula de longa duração contém diversos emolientes que ajudam a hidratar e condicionar a pele e está disponível em uma grande variedade de cores. Oferece um resultado profissional que atinge os exigentes padrões da fotografia de beleza e é ideal para aperfeiçoar o rosto e o corpo.

Quem gosta de pouca cobertura, qual base deve usar?

Quem gosta de pouca cobertura pode ‘se jogar’ Studio Moisture Tint (4) que é um hidratante com cor. Face and Body (6) também é uma ótima opção, inclusive para quem quer um pouquinho mais de cobertura, uma vez que você pode construir camadas, é só aplicar uma primeira camada esperar secar e aplicar uma segunda camada.

E quem gosta de base com alta cobertura, que esconda bastante as manchinhas, qual deve usar?

Studio Fix Fluid (2) e Studio Fix Powder (1) . Algumas celebridades usam uma camada de Studio Tech (7) e outra de Studio Fix Powder (1) por cima. Sim!!! Feito com os pincéis adequados fica pele de princesa!! Tente assim: comece com hidratante adequado ao seu tipo de pele, a seguir aplique Prep + Prime Skin, inicie a construção da pele com Studio Tech aplicado com pincel #191 ou #190, depois com pincel largo de pó como o #150 aplique o Studio Fix, no final com o pincel #187 você vai polir a pele, tome o cuidado de verificar se a cor está de acordo com o resto do corpo. Se preferir, aplique o Studio Fix diretamente com o pincel #187 em movimentos circulares.

  • Studio Tech (7)

Totalmente tecnológico. Um sistema tri-fásico que contempla água, emolientes e pó. Desliza sobre a pele de forma suave, como uma emulsão cremosa. Proporciona um resultado perfeito, natural e opaco. Se espalha suavemente na pele e pode trazer diferentes coberturas, de leve a média, dependendo da intensidade da aplicação. Refresa e hidrata a pele. Contém difusores ópticos que suavizam a aparência de linhas finas de expressão e criam um acabamento fresco e perfeito.

Qual a melhor base para usar no dia-a-dia, que não exige muitos retoques?

Depende do seu tipo de pele e de como você a trata, mas, de maneira geral, Studio Tech (7) e Face and Body (6) são opções que oferecem longa duração. Vale lembrar que:
* cada pele tem um tempo de retoque, observe sua pele ao longo do dia e ela lhe dirá qual seu tempo de retoque;
* peles bem tratadas e adequadamente preparadas seguram maquiagem por mais tempo.

Uma grande novidade deste ano foram os lançamentos de Base, Corretivo e Batom de longa duração. Vale a pena investir na Pro Longwear Foudation (8) se você quiser pouco retoque durante o dia!

  • Pro Longwear SPF 10 (8)

Base de longa duração que confere cobertura por até 15 horas em qualquer condição ambiental. Sua textura leve e cremosa, suavemente aplicada, cria uma cobertura fina a média. Controla a oleosidade mantendo a pele fresca, natural e impecável, mesmo em climas quentes e úmidos. Confere proteção solar para o dia-a-dia.

EM RESUMO:

1. FACE AND BODY FOUNDATION – R$ 145,00
Fornece brilho natural e mistura-se fácil. É a base de água, é resistente à água e é perfeita para o uso no rosto e no corpo. Contém emolientes, agentes condicionantes e antioxidantes para ajudar a hidratar.

2. STUDIO FIX POWDER PLUS FOUNDATION – R$ 120,00
É um pó e base em uma só combinação, e é designado para ser usado seco. De aplicação rápida e fácil, esse produto contém Sílica, que ajuda a manter o revestimento matte absorvendo a oleosidade da pele.

3. STUDIO FIX FLUID SPF 15 – R$ 120,00
É a versão líquida da clássica e “para todas as horas” Studio Fix Foundation. Oferece cobertura média e acabamento mate natural suave. Com fator de proteção solar 15, protege a pele do sol diário. É livre de óleo e permanece na pele por um longo tempo.

4. SELECT TINT SPF 15 – R$ 117,00
Base liquida hidratante de leve cobertura, acabamento natural e filtro solar 15. A fórmula leve, à base de água e oil-free, possui agentes condicionantes e hidratantes. Contém difusores óticos que minimizam a aparência das linhas, agentes anti-irritantes e derivado de Vitamina E, um anti-oxidante. Oftalmo e dermatologicamente testada. Não acnéica.

5. STUDIO SCULPT SPF 15 – R$ 119,00
Uma cremosa e confortável base em gel que proporciona média a alta cobertura com acabamento natural acetinado. Hidrata e revitaliza instantaneamente a pele, enquanto mantém a aparência suave e macia. De longa duração e resistente a água. Diminui a aparência dos poros e dá luminosidade. Pode ser usada em pouca quantidade e misturada ao hidratante para dar uma leve cobertura e parecer um “véu de base”.

6. STUDIO STICK SPF 15 FOUNDATION – R$ 133,00
É uma base prática, em bastão que dá uma cobertura média leve e acabamento semi-acetinado. Contém polímeros esféricos que ajudam a deslizar no rosto, além de difusores óticos que ajudam a minimizar a aparência de linhas finas.

7. MINERALIZE SATINFINISH SPF15 FOUNDATION – R$ 125,00
Uma base fluida que mistura o brilho natural dos mirco-minerais com um acabamento suave acetinado. Proporciona uma cobertura baixa a média, com um look iluminado. Faz com que a pele fique radiante, saudável e re-energizada. Contem vitaminas A, C e E que ajudam a nutrir e condicionar a pele. Com fator de proteção solar 15, possui longa-duração.

8. MINERALIZE SPF 15 FOUNDATION LOOSE – R$ 138,00
Base em pó mineral leve que oferece a pele acabamento suave, radiante e natural, com cobertura média. Um complexo mineral ajuda a manter a pele saudável e nutrida. Os hidratantes da fórmula possibilitam uma aplicação suave e perfeita. Possui FPS 15.

9. MINERALIZE SPF 15 FOUNDATION – R$ 147,00
Uma base compacta rica e luxuosa que oferece a aplicação como um creme perfeito, é naturalmente revitalizada e com acabamento totalmente tridimensional. Leve e sedosa para aplicar. Boa para todos os tipos de pele, mas particularmente beneficia às mais secas e sem brilho. Fornece uma super-hidratação e elevado conforto com proteção solar diária do FPS 15.

10. HYPER REAL FOUNDATION – R$: 125,00
É uma base líquida que dá uma aparência saudável de pele bonita adicionando um toque luminoso com os pigmentos perolados especialmente revestidos. Tem média cobertura e pode ser usada no corpo e rosto.

11. SELECT SPF 15 FOUNDATION – R$ 120,00
Esta base líquida pode ser comparada com o Studio Fix, pois dá um acabamento semi-matte e cobertura média. Ideal para peles normais a oleosas. Seca rapidamente e não transfere. Além de proteger da pele dos raios UV, essa base contém derivados de Vitaminas A, C e E, de função antioxidante.

Agora é só se jogar em alguma! 🙂

Deixe um comentário

Arquivado em itskika's files!